Domingo, 16 de Setembro de 2007

Como nos Filmes

    
 
     Estranhei, logo após as primeiras provas do campeonato do Mundo de Fórmula 1 deste ano, a MacLaren/Mercedes arrebanhar tudo quanto eram vitórias e a Ferrari, que nos últimos anos, graças a uma tecnologia inultrapassável e a um piloto fora do comum, levava tudo à sua frente, ficar a zero.
     E essa minha estranheza, essa coceira que inexplicavelmente me destrambelhava o couro cabeludo tinha um nome: espionagem industrial.
     A MacLaren, recorrendo aos mais diversos esquemas, subtraiu informação técnica privilegiada à Ferrarri, o que lhe veio a permitir a cópia de equipamentos vitais, de tecnologia de alto desempenho roubada à scuderia italiana, que viria a ser implantada nos seus motores, nas suas máquinas.
     A Federação Internacional de Automóvel, após queixa da Ferrari, deu-a como procedente, multou a MacLaren e obrigou-a a retirar dos seus carros todas as peças e sistemas concebidos pela marca italiana.
     Parece argumento de filme, mas não é. Aconteceu esta semana.
publicado por jdc às 22:08
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

.Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Myanmar Livre

. As Palavras Escapam-se-me...

. O Suaíli

. Assim Não Quero Ser!

. A Poesia do Silêncio

. El Tigre

. Kopi Luwak

. Diálogos à solta (4)

. É agora, Zé!

. O Que é o TENORI-ON

.arquivos

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds